terça-feira, 18 de setembro de 2018

Nós Contra Eles no Spotify #52



E assim chegamos ao fim. Obrigado a tod@s que leram e ouviram as músicas que coloquei aqui. Vou continuar a actualizar a playlist, mas vou fazer mais uma cena tipo "só músicas boas de Hardcore", músicas que não tens vontade de passar para a frente. Vamos ver o que sai daqui… 

Direct Hit! - Welcome To Heaven -  Só para que conste adoro o inicio desta música. Na minha cabeça a minha banda de Punk Rock escreveu uma malha tipo esta, assim bonitinha e com boas linhas vocais. O novo disco vai sair este outono na Fat Wreck Chords. Os Direct Hit são uma boa banda daquelas na onda de Menzingers ou Flatliners. Esta vem com vídeo e com a letra e tudo, para ajudar ao sing along.


Terror - Spirit Of Sacrifice - Mais uma música do próximo disco de Terror. Acho que o último disco de Terror que realmente fez mossa comigo foi o Keepers Of The Faith. Quanto mais ouço esta música mais sinto o groove. Façam o mesmo.

Suicidal Tendencies - Lost My Brain… Once Again - Com uma carreira longa e cheia de altos e baixos como a dos ST é complicado surgir com material novo. Isto não é um disco novo de ST. É antes uma regravação do disco a solo do Mike Muir que saiu em 1996. Dá para ouvir um par de vezes e tirar da biblioteca do Spotify.

Counterparts - Selfishly I Sink - Nunca prestei grande atenção a esta banda, mas a julgar por esta música acho que tenho que tratar disso. Hardcore moderno. Há aqui toques de Comeback Kid, Touché Amoré, Killing The Dream… essas coisas. Parece-me bem.

Hit The Switch - Associative Forces - Este nome parecia-me familiar e o google diz-me que a banda da Califórnia formou-se em 2003 e teve na Nitro. Deve ser daí. Punk Rock melódico e rápido na onda de A Wilhelm Scream e afins.

Sheer Terror - The Moon's Gone Out - Para mim o melhor de Sheer Terror são as histórias do Rafa sobre a tour que ele fez com eles. Isso sim merecia um podcast. Até um dia destes…

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Nós Contra Eles no Spotify #51

Começo esta actualização por anunciar que a próxima semana irá ser a última vez que actualizo a playlist e escrevo algo aqui. Daqui para a frente vou apenas adicionar músicas sem grande rigor. Vou tentar que seja uma playlist do Hardcore com malhas daquelas que ficas sem vontade de fazer skip e algumas novidades se for caso disso. Vão ser 52 actualizações, mais ou menos o equivalente a um ano. Obrigado a quem ouviu e especialmente obrigado a quem leu. Agora vamos a isso…

Sick Of It All - Inner Vision - Os SOIA foram uma das minhas primeiras bandas preferidas de Hardcore. Devo ter ouvido o Built To Last e o Scratch The Surface milhares de vezes. O Call To Arms também ouvi, mas confesso que daí para a frente deixei de lhes prestar a devida e merecida atenção. Não que tenha deixado de gostar, mas porque os SOIA são aquela banda sempre certinha. Sabes que vais gostar, mas talvez não seja a mesma cena que os primeiros discos. Esta música nova é de caras SOIA. Ao longo da carreira conseguiram ir experimentando com diferentes sonoridades e os discos até soam diferentes uns dos outros. O efeito na voz foi o que achei mais surpreendente. É uma boa malha que me deixa curioso para ouvir o novo disco.

Gouge Away - Ghost - Mais uma malha de Gouge Away. O disco novo sai na Deathwish no fim do mês. Parece-me bem.

Slow Crush - Shallow Breath - Shoegaze da Bélgica. Os Belgas em tempos tiveram várias bandas de Hardcore brutais, ultimamente não me tem chegado grande coisa aos ouvidos. Encontrei esta música e até achei engraçada. Mas se não curtirem podem passar à frente, a que vem a seguir é mil vezes melhor.

Chain Of Strength - True Till Death - Daqui para a frente a playlist vai ser mais assim. Músicas clássicas daquelas que não tens vontade de fazer skip. Esta é uma delas. HAS THE EDGE GONE DULL?!

Turning Point - Behind This Wall - Possivelmente a minha música preferida de Turning Point. Esta intro é fofinha e a música também.

Uniform Choice - Use Your Head - Acho que se os putos hoje em dia ouvissem mais Uniform Choice íamos ter bandas mais fixes. Até para a semana.