quinta-feira, 21 de março de 2019

Review: MEDO - O Produto Somos Nós (2019)


Os farenses MEDO têm um disco novo prestes a sair e tive oportunidade de o ouvir antecipadamente.

A primeira vez que ouvi a banda curiosamente foi ao vivo. Estava perto e fui até à Lagoa de Santo André ao Lagoa Rock Fest em 2017 e eles abriram o segundo dia. Numa pavilhão ainda muito vazio uma coisa ficou na cabeça: riffs e a atitude em palco.

Portugal é um país pequeno, a cena hardcore mais pequena ainda, mas muitas vezes se não está à frente dos nossos olhos, não sabemos o que vai acontecendo e perdemos o fio à meada. Os MEDO não andaram escondidos, pelo contrário, mas tenho de admitir que dormi na parada - desde essa altura lançaram um disco (Medocracia, em 2018), e foram tocando um pouco por todo o lado.


Fast forward até 2019 e até ao videoclip que serviu de aperitivo deste novo disco - "Somos Nós". Foi-me sugerido por amigos, e essa é sempre a melhor publicidade. Aqueles riffs que me lembrava? Estavam lá. E mais do que futilidades e clichés do dia a dia, nada mais atual que uma crítica à nossa sociedade e à vida que vivemos online. Letra no ponto. E o produto somos nós...

Entretanto chegaram-me aos ouvidos as restantes faixas e fiquei positivamente supreendido. 10 faixas de hardcore cantado em Português, naquela tradição sonora que lá em baixo rotulam de FSHC, desde tempos idos. Tenho de admitir que a primeira faixa me lembrou foi mesmo Omited GR - mas isso só pode é ser bom. Participações de caras conhecidas da cena nacional que assentam que nem uma luva e não soam a forçado ou a participação "só porque sim".

O que mais gostei foi mesmo o facto de ser cantado em português e falar de temas atuais sem ter medo de por dedos na ferida. Desde a já falada exploração inconsciente da nossa experiência online, a problemas sociais e desigualdades económicas, até à violência doméstica, aos sonhos não atingidos e às várias formas de discriminação, percorrendo o disco temos uma boa crítica à sociedade que nos rodeia.

O concerto de lançamento é já sábado em Loulé, com BESTA e Galvana. Depois há muitas datas já marcadas para apresentar o disco a sul do país, com data no final do mês (28) em Lisboa, no Popular. Dito isto, não será por falta de oportunidade que não os vão poder apanhar na estrada.


Clica para abrir

quarta-feira, 13 de março de 2019

Review: Gutter Knife - Boots On The Ground (2019)




Brighton já tem algo mais interessante para apresentar ao mundo que aquele pontão com as diversões manhosas – os Gutter Knife. Falo do que conheço, e da minha visita lusco fusco foi o que vi. Não fiquei impressionado.

O novíssimo disco da banda, com lançamento digital na segunda-feira passada e com edição física a sair a 18, via Quality Control HQ, foi a carta de apresentação destes rapazes, já que nunca os tinha ouvido. E isto sim, Impressionou. Vibrei, forte!

Aquele cocktail sujo de UK 82 misturado com Oi!, que os britânicos bem sabem refinar, seja dos pubs manhosos ou do tempo de merda. Ou do Brexit, ou da indefinição da May, ou do estado geral de confusão que aquele país parece atravessar. O que resulta é mesmo um disco bom de uma ponta a outra, sem espinhas.

Se tens saudades de 86 Mentality ou Violent Reaction (quem não tem?), ou segues tudo o que é feito pela malta da LS4, isto é para ti. Ou se quiseres, se gostares da cena NWOBHC e do que a Quality Control lança, é para ti, sem medo algum. Fanboy assumidíssimo da editora, mas este disco foi uma boa pedra no charco numa altura mais "sossegada". A diferença relativamente ao restante plantel é que é com malta do sul de Inglaterra, malta que certamente desbunda à grande naquela “praia” e apanha aquele “sol” forte com mais frequência.
.
Aviso à navegação para quem compra discos: mal ouvi mandei logo mail à editora a pedir cópias...Holler at yo boy Backwash Records.

E Miguelito, tu que estás aí ao lado faz um favor a ti próprio e vai ver estes rapazes. Eu ia, na hora.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Welcome to the Danger Zone


Se pensas que o hardcore em Portugal está morto estás muito enganado...

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Os PUSH! estão de volta cheios de amor para dar...

Como isto anda hoje em dia, não é todos os dias que uma banda tuga de Hardcore lança algo novo, ainda para mais um vídeo/single do próximo trabalho.

Os PUSH! estão e volta cheios de amor para dar. A malha em si é facilmente identificável como sendo PUSH!, o que é uma mais valia para a banda. Se não estou em erro acho que vai ser o terceiro lançamento da banda (corrijam-me se estiver errado) e podem fazer o pre-order do CD aqui: http://hyperurl.co/PUSHDarkDive

Para mim, seria bastante engraçado se isto tivesse edição em vinil. 
Aqui fica o vídeo de "With Love".